Notícias |
4 de Fevereiro, 2020

Review Cisco Live 2020 Barcelona

O Cisco Live 2020 Barcelona que decorreu entre os dias 27 e 31 de Janeiro reuniu quase 20.000 participantes entre clientes, parceiros e profissionais de IT.
O evento tem como objetivo ajudar parceiros e clientes a perceberem o espectro de oportunidades que existem dentro da marca, e ao mesmo tempo disponibilizar conhecimento técnico para que essas oportunidades se tornem tangíveis e se traduzam em business outcomes para os negócios à escala global.

Ao longo da semana foram apresentadas inovações nas ofertas de cybersegurança, redes, colaboração e DevNet – todas projetadas para ajudar as empresas a impulsionar a digitalização, escalar as suas operações e ao mesmo tempo permanecerem seguras.

 

Alguns dos highlights do evento, incluiram:

O boost das aplicações num ambiente multicloud híbrido:
A nova arquitetura multi domain da Cisco junta o AppDynamics e o Cisco Intersight Workload Optimizer para oferecer visibilidade total nas aplicações, na rede e no data center, tanto on-prem, como na cloud.
A Cisco HyperFlex Application oferece uma plataforma integrada de container-as-a-service que simplifica o provisionamento e as operações contínuas das kubernetes na cloud, no data center e no edge.

Arquitetura de segurança para IoT industrial:
As organizações precisam de visibilidade completa dos seus ambientes de rede, para garantir vantagem industrial, reduzir o risco de cyber ameaças e otimizar processos industriais.
A nova arquitetura de segurança IoT da Cisco disponibiliza visibilidade detalhada nos ambientes de IT e OT, protegendo os processos industriais e permitindo a recolha e extração de dados, para que as organizações possam aumentar a eficiência e tomar melhores decisões de negócios.

A revolução da Customer Experience em contact center:
Com o objetivo de mitigar a distância entre as expectativas do clientes e o delivery, a Cisco anunciou alguns desenvolvimentos que transformam fundamentalmente a experiência do cliente, a nível do contact center:
a infusão de AI nas soluções e um novo produto de contact center na cloud.

Inovações ao nível da AI, potenciam reuniões com maior engagement:
Os novos recursos de inteligência de voz para Webex Meetings transformam conversas em ação.
Além disso, a Cisco mantém o seu compromisso com a segurança e a privacidade dos dados, permitindo que os clientes escolham se os dados Webex serão armazenados na Europa ou nos Estados Unidos.
A empresa também anunciou o novo Cisco Webex Room USB, um dispositivo de vídeo básico que oferece colaboração a organizações de menor dimensão, sem compromisso.

 

Logicalis Cisco Live Barcelona 2020Na área de exposição, World of Solutions, a Logicalis demonstrou as suas soluções de:

Cisco Hyperflex, através do qual as empresas poderão otimizar as suas infraestruturas de IT. Graças à simbiose perfeita de computação, rede e armazenamento, este sistema HCI garantirá maior eficiência nas operações de IT. Ao mesmo tempo, que dará novas possibilidades devido à integração de diversas clouds.

Pure Storage e a Cisco desenvolveram um moderno sistema de infraestrutura convergente (CI). O sistema foca-se no desempenho e na fiabilidade máximos, para operar as aplicações de negócios. Com o FlashStack, os silos de hardware pertencem ao passado.

 

AppDynamics: hoje em dia, o desempenho das aplicações é um fator crítico para qualquer empresa.
É crucial que a disponibilidade e o desempenho sejam garantidos, mesmo nos horários de pico.
É aí que entra o AppDynamics, garantindo o bom funcionamento das aplicações da sua empresa.
(Otimizando o desempenho da aplicação, através da monitorização e análise em tempo real).

LOOP: Plataforma de orquestração da Logicalis para gestão flexível de serviços geridos.
Interface de controlo para orquestração, automação e integração de APIs.

 

Foi ainda com bastante orgulho que assistimos a uma sessão que contou com a participação do nosso cliente IP Telecom, onde foi partilhado o use case de Cisco Workload Optimization Manager implementado pela Cilnet.
Esta solução permitiu ao nosso cliente uma redução de 30% em custos relativos a licenciamento Microsoft, 15% diminuição de custos com espaço VMware e uma gestão mais eficiente e transparente de todo o seu espaço de data centers.

Em termos gerais, e findo o evento vimos a Cisco a caminhar na direcção do seu objectivo de transformação dos modelos de negócio e business outcomes dos clientes (através dos modelos de subscrição e transição para a cloud); e consideramos cada vez mais o fabricante, como um player-chave na conexão das instâncias on-prem e híbridas (por ter toda a data da rede) e poder fazer esse leverage, aportando um valor único aos clientes.